Soluções de atendimento digital para todos os tamanhos de empresas.

Fique por dentro de 7 tendências para e-commerce em 2019

Neste ano teremos muitas novidades no e-commerce, continue com a gente e veja quais são!

Fique por dentro de 7 tendências para e-commerce em 2019

 

Embora não seja segredo que a transformação digital vai impactar o atendimento, você acha que tem feito o bastante para se destacar no mercado? Afinal, quais são as tendências para e-commerce em 2019 e como você pode se beneficiar com elas?

Segundo o portal E-commerce Brasil, o ticket médio dos brasileiros em compras online subiu 3%, isto é, os consumidores estão gastando mais e as empresas precisam buscar maneiras para atender as demandas e continuarem competitivas.

Para que tire de letra essa situação, trouxemos 7 tendências que vão mudar a forma como comercializamos produtos ou serviços atualmente. Acompanhe!

1. Compras por voz

Você deve ter reparado que o volume de buscas por voz tem aumentado consideravelmente nos últimos anos e, por consequência, isso induziu as marcas a mudarem a maneira como se comunicam. Para os próximos anos, além da busca, será possível comprar utilizando um assistente de voz, algo que já acontece com algumas empresas nos EUA, tais como Uber e Domino’s.

Isso tem influenciado as buscas por determinados termos na internet e remodelado as estratégias de otimização dos mecanismos de busca (SEO), tendo em vista que as regras tradicionais precisam estar adaptadas à linguagem falada.

O conceito de empatia artificial, por exemplo, será perfeito nesses casos, afinal, os algoritmos trabalham para identificar padrões de comportamento pelo tom de voz dos usuários, o que pode gerar uma tremenda vantagem competitiva.

2. Domínio dos chatbots

O que os varejistas olhavam com uma certa desconfiança no passado, hoje é uma das ferramentas mais eficientes para captar possíveis clientes e fidelizá-los de maneira simples. Sem dúvida alguma vivemos a era dos chatbots, em que consumidores e empresas se beneficiam com um atendimento mais ágil e as dúvidas esclarecidas com tranquilidade.

Podemos dizer que cada vez mais é possível aumentar suas vendas com chatbots, porque eles proporcionam um atendimento qualificado, oferecem os produtos certos baseados no comportamento do usuário e resolvem quaisquer reclamações. De maneira geral, é possível identificar que o custo-benefício dos chatbots compensa muito, tanto no site como nas mídias sociais.

Faça um teste e conheça a ferramenta de chatbot da Hi!

3. Realidade aumentada e virtual

Já se imaginou testando como ficaria na sua sala aquele sofá fantástico que viu em uma loja virtual ou experimentando em seu corpo aquela roupa cheia de estilo que curtiu logo de cara? Pois é, por mais que pareça enredo de filme, essa é uma tecnologia que vai marcar presença no e-commerce.

A realidade aumentada é uma maneira de unir o mundo real e o virtual, tornando a vida mais fácil ao propor a experimentação no comércio eletrônico. Perceba que o foco não é mais o produto ou o serviço, mas sim as empresas vendendo experiência, que, por conta da tecnologia das realidades aumentada e virtual, têm tudo para otimizar as campanhas de Marketing.

4. Acesso mobile

Seja para interagirmos nas mídias sociais, seja para realizarmos compras, o acesso mobile é uma realidade no mercado e nenhum gestor deve ignorar isso. Para se ter uma ideia, de acordo com dados de uma pesquisa encomendada pela empresa Deloitte, 92% dos brasileiros entrevistados declararam utilizar o smartphone para acessar a internet no dia a dia.

Isso só reforça a importância de ter um site responsivo, ou seja, oferecendo um conteúdo que se adapte à tela dos aparelhos móveis, pois não só a experiência de compra deve ser otimizada, mas a experiência de leitura também. Essa é uma das grandes tendências para e-commerce em 2019 e nos próximos anos, tendo em vista que as aquisições serão cada vez mais rápidas.

5. Mídias sociais integradas

Você já deve ter reparado que muitas empresas, tanto no Facebook quanto no Instagram, utilizam esse meio de comunicação para redirecionar os usuários a uma loja virtual, não é mesmo? Quando o produto ou serviço tem um apelo visual interessante, tal como cosméticos, viagens, acessórios e demais apetrechos, a tendência é que haja um engajamento muito forte em torno da marca.

Pensando nisso, você precisa remodelar as estratégias do seu e-commerce e identificar oportunidades de negócio nas redes sociais. No ambiente virtual, redes como Facebook, Instagram, Twitter, Google Plus, entre outras, são formidáveis para atender melhor o público e ainda fazer a ponte para que aumente o tráfego orgânico no site da empresa.

6. Personalização do consumo

Com a 4ª revolução industrial presente em nossa sociedade, a personalização do consumo tem se tornado cada vez mais recorrente, visando a melhor experiência possível para os clientes. Os e-commerces estão com uma “roupagem” bem mais adaptável aos gostos e necessidades dos usuários, sendo que a segmentação tende a ser ainda maior, além do foco em torno de experiências individuais.

O combo entre uma boa gestão de dados e a utilização da Inteligência Artificial, a fim de aprender a lidar com os hábitos de consumo, torna o mundo varejista mais inovador e preparado para diversas demandas. Um bom exemplo disso é o que a Netflix faz, pois, os algoritmos da plataforma reconhecem as preferências de cada usuário e sugerem filmes e séries a partir do que foi assistido.

7. Remarketing

Para estreitar os laços entre as empresas e os clientes é preciso oferecer algo no momento certo da jornada de compra, por isso, nada melhor que utilizar o conceito do remarketing. Essa é uma ferramenta que permite marcar os usuários que já visitaram o seu e-commerce e, a partir disso, entrar em contato para trazer ofertas de acordo com as necessidades da pessoa naquele momento.

O remarketing tem um propósito muito mais segmentado e direcionado para aquele público que tem uma chance maior de efetuar a compra. Tendo isso em vista, para aplicar o remarketing de forma eficiente, é preciso conhecer a sua audiência, entender os motivos do abandono no carrinho de compras e escolher os melhores canais, visando aperfeiçoar o relacionamento, aumentar as conversões e até fidelizar clientes.

Desse modo, a fim de que todas as tendências para e-commerce em 2019 deem o resultado que se espera, atualize a sua loja virtual e personalize as campanhas constantemente, visando respeitar o universo mobile, integrar as redes sociais, permitir um SEO otimizado para a fala e construir um atendimento de qualidade.

Se você curtiu a lista que trouxemos, mas quer entender um pouco mais para fazer bonito em suas estratégias, converse com um de nossos especialistas e veja como a Hi pode ajudar sua empresa!

Não perca as novidades da Hi Platform

Assine nossa newsletter para ficar por dentro dos lançamentos da Hi